Auto Papo – Nova Geração do Jeep Wrangler

Auto Papo – Nova Geração do Jeep Wrangler

A Jeep é referência em veículos off road desde o seu primeiro modelo Willys lançado em 1941 e substituído em 1944 pelo CJ que teve vida mais duradoura até 1986 com 1,5 milhões de unidades fabricadas até o surgimento do Wrangler em 1987 e que acaba de ganhar uma nova geração que incorporou as últimas tecnologias, mas não abriu mão de sua essência jipe.

Em sua versão de topo denominada Rubicon, o Wrangler oferece o que há de melhor em suspensão, motorização e tecnologia. O sistema de tração tem a opção de modos de uso 4×4, 4×4 auto, 4×4 past-time e 4×4 reduzida por alavanca, além de sistema que permite o bloqueio eletrônico independente dos diferenciais dianteiro e traseiro. A suspensão dianteira inclui barra estabilizadora com conexão eletrônica para aumentar a sua articulação e vencer obstáculos.

Seu motor deixou de ser gigantesco para atender normas de emissões e favorecer o consumo, mas graças a evolução da engenharia, apesar de ser 2.0 litros de 4 cilindros e 16 válvulas, gera 272 cv de potência devido a adoção de um turbo compressor e câmbio automático de 8 marchas que fazem o carro ir de 0 a 100 km/h em 7,8 segundos apesar de suas 2 toneladas. Seu consumo não chega a ser decepcionante para o porte do carro, fazendo a média de 7.4 km/l na cidade e 9.1 km/l na estrada na gasolina que é o único combustível aceito pelo Jeep.

Na questão tecnologia e segurança, Wrangler é bem recheado contando com detector de pontos cegos, alerta de colisão frontal, freio de emergência autônomo, faróis full led, central multimídia com tela touch de 8,4 polegadas com GPS e compatibilidade com os sistemas Apple Car Play e Android Auto, sendo o mais interessante a disponibilidade de um aplicativo chamado Off Road Pages que informa por exemplo a altitude, inclinação lateral e longitudinal da carroceria e o tipo de tração em uso.

Visualmente o Wrangler não perdeu a sua essência. Foram mantidas as suas linhas tradicionais mais quadradas com um excelente ângulo de 37° na saída dianteira e 44° na traseira, estepe fixado na tampa traseira e a opção de remover o teto o tornando um carro conversível.

No Brasil o Wrangler será importado dos Estados Unidos ao preço de R$ 432.590, assim será um veículo de poucas vendas e exclusivo para os apaixonados pelo mundo off road e que tenham condições financeiras para usufruir desse clássico Jeep.

Crédito das fotos:
www.revista4rodas.com.br
www.actualidademotor.com

Um jovem com brilho de conhecimento de diversas áreas. Amante de automobilismo, aviação, motos e porque não dizer que tem uma inspiração de variados assuntos. Quem o conhece se encanta e sente nele um mundo que não é esse por sua pureza, educação e presteza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *