Auto Papo – Catalisador – A Peça que Vale Ouro

Auto Papo – Catalisador – A Peça que Vale Ouro

Visando diminuir a emissão de poluentes por parte dos automóveis, no início dos anos 90, o governo federal brasileiro acompanhou as legislações estrangeiras e tornou obrigatório todos os carros produzidos ou importados em todo o território nacional serem equipados com uma peça denominada catalisador.

O catalisador é o responsável por neutralizar gases poluentes em compostos seguros para serem liberados na atmosfera durante o uso do carro. O que pouca gente sabe é que o catalisador possui componentes que podem valer mais do que barra de ouro no mercado paralelo e está sendo cobiçado pelos ladrões.

Pode parecer estranho, mas é isso mesmo, o catalisador vem montado dentro de uma cápsula feita de aço inoxidável e é composto por uma colméia cerâmica na qual está uma camada de metais nobres como o paládio, a platina e o ródio. São eles que fazem uma reação química acontecer antes de liberar os gases na atmosfera.

Em cada catalisador é usado cerca de 1,89g de platina, 0,29g de paládio e 0,10g de ródio e esses metais tem valores altos e uso em diversas aplicações da indústria. Podemos citar como exemplo o ródio que tem apenas 0,001 grama em uma tonelada da crosta terrestre, o que faz dele altamente raro e caro. Já o paládio e a platina estão custando R$471 e R$ 184 respectivamente.

Evitar o furto do catalisador é uma questão de segurança pública, mas o motorista pode se precaver ao evitar de estacionar em vias públicas e procurar um estacionamento.

É importante lembrar também que o catalisador tem uma vida útil que gira em torno de 100 mil km, mas alguns cuidados podem ser tomados para prolongar a sua vida útil como evitar de raspá-lo em lombadas e valetas ( fica instalado no sistema de escapamento debaixo do carro) e utilizar combustível de boa qualidade.

Um catalisador novo e original custa entre R$ 1500 em carros de motor 1.0 e podem ultrapassar os R$5000 em modelos importados. É importante salientar que existem muitas peças paralelas com valor mais atrativo, mas que não exercem as suas funções corretamente e geram danos ao meio ambiente.

Crédito das fotos:
www.comprecar.com.br
www.canaldapeca.com.br

Um jovem com brilho de conhecimento de diversas áreas. Amante de automobilismo, aviação, motos e porque não dizer que tem uma inspiração de variados assuntos. Quem o conhece se encanta e sente nele um mundo que não é esse por sua pureza, educação e presteza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *