Auto Papo – Curiosidades Automobilísticas do Afeganistão

Auto Papo – Curiosidades Automobilísticas do Afeganistão

O Afeganistão voltou a ser destaque nos noticiários internacionais devido a nova tomada do poder do país pelo grupo extremista Talibã, assim como ocorreu no início dos anos 2000 que teve como desfecho o assassinato do líder Osama Bin Laden.

Essa ênfase em noticiar o país afegão fez mostrar novamente a predominância dos carros da Toyota por lá, principalmente pelos modelos Hilux e Land Cruise Prado utilizados pelos integrantes do Talibã e pelo Corolla, líder de vendas comprados principalmente pelos civis.

Muitos poderiam pensar que a dominância dos carros da Toyota em um país de clima desértico e marcado por guerras reforçaria a fama de robustez e durabilidade da marca japonesa e agradaria a montadora, mas não é bem assim. A Toyota sempre viu com maus olhos os seus carros sendo destaque em capas de jornais, revistas e telejornais nas trágicas notícias que envolvem o Afeganistão por ir de encontro com as tradições japonesas de ordem, educação e disciplina, tanto é que, não mantém nenhuma concessionária autorizada da marca no país e os veículos da marca que por lá estão, em sua maioria, são oriundos de importadoras independentes ou trazidos via seu país vizinho Dubai.

Além disso, uma outra curiosidade do setor automobilístico do Afeganistão é a aversão ao número 39. Há diferentes versões sobre isso. Uma delas diz que o 39 se traduz na língua local em ” vaca morta”, mas outra afirma que a sonoridade da pronúncia se assemelha a palavra cafetão e no país essa intitulação é muito ofensiva e pode ter consequências mortais.

Assim, veículos com o 39 na placa são vendidos por preços mais baixos no Afeganistão e as autoridades locais cobram de 200 a 500 dólares para mudar as placas dos veículos para evitar a desvalorização ou ficarem encalhados nas revendedoras.

Essas são curiosidades que envolvem os veículos por aí a fora e nem nós brasileiros estamos imunes a isso, afinal muitos devem se recordar do preconceito que havia nos carros de 4 portas, na cor branca, movidos somente a álcool, dentre outros.

Crédito das fotos:
www.uol.com.br
www.exame.com

Um jovem com brilho de conhecimento de diversas áreas. Amante de automobilismo, aviação, motos e porque não dizer que tem uma inspiração de variados assuntos. Quem o conhece se encanta e sente nele um mundo que não é esse por sua pureza, educação e presteza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *